Home / Notícias / Uma vítima de agressão deu entrada no HUT a cada seis horas em 2017

Uma vítima de agressão deu entrada no HUT a cada seis horas em 2017

A violência é uma das principais causas de atendimento no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). De acordo com os registros, foram recebidos 1.388 pacientes vítimas dos mais diversos tipos de agressão física em 2017. A média é de 115 pessoas por mês, ou seja, uma a cada seis horas.

De acordo com o levantamento solicitado pelo Portal O DIA ao HUT, a maioria das agressões são por arma de fogo, que deixam as vítimas em estado mais grave e levam à morte com maior frequência. Em segundo lugar aparecem os espancamentos e em terceiro as agressões com material perfuro-cortante. Casos de estrangulamento e outras formas de violência levaram 35 vítimas ao HUT.

Segundo o diretor do HUT, Gilberto Albuquerque, o aumento dos casos de agressões físicas tem sido uma constante, principalmente nos feriados prolongados. “Esses pacientes chegam bastante graves e com risco de vida iminente”, comenta.

No final de semana do Natal, o atendimento às vítimas de espancamento dobrou em relação ao mesmo período do ano passado. Foram 13 pacientes em três dias, sendo quatro mulheres e nove homens. Para o réveillon, o número de casos pode aumentar, pois o Natal costuma ser uma festa com menos ocorrência.

Por: Nayara Felizardo/ o dia

Veja Também

Vacinação contra gripe em crianças será adiada no interior do estado por falta de seringas

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) começa nesta segunda-feira (23) em todo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *