Home / Notícias / Teve o Bolsa Família bloqueado? Entenda por que e saiba como receber o benefício novamente

Teve o Bolsa Família bloqueado? Entenda por que e saiba como receber o benefício novamente

Em abril, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) iniciou uma nova etapa do processo de qualificação do Cadastro Único para evitar o repasse incorreto de benefícios sociais. Essa averiguação cadastral unipessoal verifica inconsistências na composição familiar e acabou resultando no bloqueio do Bolsa Família de 1,2 milhão de pessoas em todo o Brasil.

São pessoas que entraram no cadastro do Governo Federal no segundo semestre de 2022 informando que moram sozinhas e, agora, precisam atualizar as informações para voltar a receber o benefício. O objetivo da ação do MDS é justamente verificar as famílias que são realmente unipessoais.

 

Se você se cadastrou no Bolsa Família nos últimos seis meses do ano passado, mora sozinho e teve o benefício bloqueado neste mês de abril, tem até 60 dias para ir ao posto de atendimento de seu município e atualizar as informações do Cadastro Único. Caso a pessoa preencha os requisitos do Bolsa Família e comprove que mora sozinha, o benefício volta a ser pago, incluindo as parcelas bloqueadas.

Quem teve o benefício bloqueado este mês recebeu um SMS no telefone informado com a mensagem “MDS INFORMA: Se você mora sozinho (a), atualize o cadastro para o Bolsa Família. Se mora com a sua família, cancele o seu Cadastro Único no aplicativo”. O beneficiário também pode checar se o benefício foi bloqueado no aplicativo do Bolsa Família. No aplicativo, a mensagem que aparece é igual à da imagem abaixo.


Foto: Reprodução/MDS

Moro sozinho e tive o Bolsa Família bloqueado. O que devo fazer?

  • Se você se cadastrou no segundo semestre de 2022, deve ir ao posto de atendimento do Cadastro Único do seu município.
  • Leve os documentos, atualize o cadastro e assine um termo em que afirma que mora sozinho. Depois disso, o município pode desbloquear o benefício e as parcelas bloqueadas serão pagas de forma retroativa.

Moro com minha família, mas me cadastrei como unipessoal. Como proceder?

  • Quem mora com a família e se cadastrou como unipessoal para receber o Bolsa Família não deve procurar o posto de atendimento agora. Nestes casos, a pessoa deve solicitar o cancelamento de seu cadastro pelo aplicativo Cadastro Único.
  • No aplicativo, a pessoa deve logar e entrar em Consulta Completa, onde haverá a opção de cancelar o cadastro.
  • A pessoa pode, depois de cancelar o cadastro, sem pressa, agendar o atendimento para fazer um novo cadastro corretamente na família com a qual vive. E, se estiver dentro das regras de recebimento do Bolsa Família, vai pode entrar novamente no programa.

Fonte: Com informações do Ministério do Desenvolvimento Social

Veja Também

Brasil tem 575.930 médicos ativos: 2,81 por mil habitantes

O Brasil registra, atualmente, 575.930 médicos ativos – uma proporção de 2,81 profissionais por mil ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *