Home / Esportes / MSN some, Ronaldo decide, e Real Madrid vence Barcelona de virada
EU QUERO

MSN some, Ronaldo decide, e Real Madrid vence Barcelona de virada

“Eu estou aqui.” Cristiano Ronaldo deu o recado no tão aguardado duelo entre os dois ataques mais badalados da atualidade no futebol mundial e foi o grande herói. Se o trio MSN teve atuação discreta, o português chamou o protagonismo todo para si.

Com um gol do português no fim do jogo, quando o Real Madrid tinha um jogador a menos (Sergio Ramos foi expulso), o time visitante silenciou o Camp Nou e venceu o clássico por 2 a 1, neste sábado, pela 31ª rodada do Campeonato Espanhol.

Piqué havia aberto o placar para os mandantes aos 11 minutos do segundo tempo. Seis minutos mais tarde, Benzema havia deixado tudo igual com um golaço.

Dessa forma, a equipe merengue, que havia perdido os dois últimos clássicos contra o maior rival, se vinga do 4 a 0 sofrido em pleno Santiago Bernabéu e frustrou um duelo que poderia ser um tributo a Johan Cruyff, um dos maiores ídolos da história do Barça.

Com o resultado, o time catalão estaciona nos 76 pontos e vê o Atlético de Madri, que goleou o Betis por 5 a 1, se aproximar e ficar seis pontos atrás. O Real Madrid aparece no terceiro lugar com 69 pontos.

O placar ainda representa o fim da invencibilidade dos comandados de Luis Enrique, que não perdiam havia 39 jogos (32 triunfos e sete empates). O último revés tinha sido para o Sevilla por 2 a 1 em 3 de outubro de 2015. Além disso, foi a primeira vez que o Real venceu de virada no Camp Nou desde 1965, segundo o Mister Chip.

O duelo deste sábado ainda teve espaço para polêmica. No primeiro tempo, os mandantes reclamaram de uma falta de Sergio Ramos em Messi na meia-lua que não foi marcada. O zagueiro já tinha amarelo e poderia ter sido expulso naquele momento. Na etapa final, quando o jogo estava 1 a 1, Bale teve um gol anulado por suposta falta em Jordi Alba no lance.

Agora, os dois times voltam a campo pela ida das quartas de final da Uefa Champions League. Na terça-feira, o Barcelona receberá o Atlético de Madri no Camp Nou, às 15h45 (de Brasília). Um dia depois, também às 15h45, o Real Madrid visitará o Wolfsburg na Volkswagen Arena.

Pelo Espanhol, os dois times irão atuar no sábado. O time catalão jogará fora de casa contra a Real Sociedad, às 15h30. Mais cedo, às 11h, o Real Madrid vai atuar no Santiago Bernabéu contra o Eibar.

Gràcies, Johan

O clássico ficou marcado pelas homenagens a Johan Cruyff, que morreu aos 68 anos no dia 24 de março. Os jogadores do time da casa entraram com o nome do astro na parte da frente de suas camisas. Além disso, antes do jogo, o Barça mostrou um vídeo com participação de astros do clube e os torcedores fizeram um belíssimo mosaico com as palavras ‘Obrigado, Johan’ (Gràcies, Johan, em catalão) com a camisa 14 do lado. Alguns torcedores se emocionaram durante o belo gesto.

Com a bola rolando, o Camp Nou aplaudiu o holandês durante o minuto 14, que representava o número dele quando atleta. Entre os aplausos, estava os do atual presidente do Barcelona e dos outros sete ex-presidentes do clube vivos.

Suárez vacila em primeiro tempo truncado

Com força máxima, o Barça adotou seu jogo padrão nos primeiros minutos ao controlar a posse de bola. O Real Madrid, com uma formação mais defensiva com Casemiro na vaga de James Rodríguez, marcava forte e apostava em saídas em velocidade do seu perigoso trio de ataque.

O duelo começou truncado, e o primeiro bom momento viria com dez minutos. Neymar tocou na área para Suárez, que, de frente para o gol, furou na finalização. O lance não deveria ter valido, já que o uruguaio estava impedido no lance, mas a arbitragem deixou seguir. Com o passar do tempo, o volume de jogo da equipe da casa aumentou. Aos 19, Rakitic fez Navas pular no canto direito para fazer a defesa após chute de dentro da área.

O Real Madrid, por sua vez, quando ia ataque era com Cristiano Ronaldo. Primeiramente, ele fez jogada individual pela direita e soltou a pancada. Bravo rebateu. Mais tarde, ele cobrou falta da intermediária sobre o gol.

Antes do intervalo, cada time ainda teria mais um bom momento cada. Aos 41, Daniel Alves finalizou de fora da área e mandou perto do travessão. No minuto seguinte, Benzema teve a bola na área e isolou.

O primeiro tempo ainda teve um lance polêmico, que gerou reclamações por parte dos catalães. Aos 24 minutos, Messi encarou a marcação de Sergio Ramos e foi derrubado na meia-lua. O árbitro Alejandro José Hernández mandou o jogo seguir.

Ronaldo decide

Na volta para a etapa final, o cenário do jogo seguiu parecido. Messi quase marcou aos nove, quando deu um belo chute colocado, e Navas voou no ângulo esquerdo para fazer ótima defesa. Dois minutos depois, porém, o goleiro não teria o que fazer. Após cobrança de escanteio de Rakitic, Piqué escapou da marcação de Pepe e cabeceou para o fundo da rede.

A vantagem, no entanto, duraria apenas seis minutos, Aos 17, Marcelo fez boa jogada individual, trouxe para o meio e serviu Kroos na área. O alemão chutou travado e, na sequência, Benzema deu um voleio para marcar um belo gol e calar o Camp Nou.

Aos 28 minutos, Luis Enrique deixou o Barcelona mais ofensivo com a entrada de Arda Turan na vaga de Rakitic. O duelo ficaria mais agitado a partir daí.

Aos 35 minutos, Bale aproveitou cruzamento de Ronaldo e cabeceou para o fundo da rede. O galês saiu para comemorar, mas acabou frustrado ao ver que o árbitro havia anulado por conta de um suposto apoio em Jordi Alba. No minuto seguinte, Cristiano Ronaldo acertou o travessão.

O bom momento dos visitantes parecia que acabaria aos 38 minutos, quando Sergio Ramos recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso de campo. Porém, Cristiano Ronaldo assumiria o protagonismo para decidir o clássico aos 40.

Com as informações: MSN

Veja Também

Atacante da Inglaterra supera Messi, CR7 e Neymar e é favorito para artilharia da Copa do Mundo

emoção de marcar um gol já é por si só incalculável. Em uma Copa do Mundo, então, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *