Home / Destaque / Falta de doses impede início da vacinação contra a covid em crianças 3 a 4 anos no Piauí
EU QUERO

Falta de doses impede início da vacinação contra a covid em crianças 3 a 4 anos no Piauí

A falta de doses da Coranavac tem impedido o início da vacinação no Piauí em crianças 3 a 4 anos contra a Covid-19, faixa etária liberada pelo Ministério da Saúde, na semana passada. No restante do país, pelo menos seis capitais brasileiras já iniciaram a imunização.

Em nota técnica enviada aos estados, o Ministério da Saúde afirma que, por conta da limitação de estoques, fica orientado o início da vacinação de forma gradual para todas as crianças imunocomprometidas de 3 e 4 anos de idade, seguida pelas faixas etárias de 4 e depois 3 anos de idade. Neste momento, as crianças a partir de 5 anos de idade, deverão ser vacinadas com a vacina Pfizer, nos esquemas já recomendados.

A Sesapi informou que já enviou a solicitação de 95 mil doses ao MS. O estoque atual de Coronavac está sendo utilizado para imunização de crianças 5 a 11 anos nos municípios. A Secretaria de Saúde ressalta ainda que o Piaui é primeiro lugar na aplicação de primeira dose e segundo em segunda dose e reforço.

Ainda segundo a nota do Ministério da Saúde, o órgão está em tratativas junto ao Instituto Butantan e ao Consórcio Covax, para aquisição de quantitativo de vacinas CoronaVac para atendimento da estimativa de crianças de 3 e 4 anos.

“Orienta-se que estados e municípios façam a gestão dos quantitativos disponíveis dessa vacina em seus estoques, com o intuito de garantir a segunda dose com o intervalo de 28 dias, até que os estoques sejam restabelecidos pelo Ministério da Saúde”, informa o Ministério.

A Coronavac em crianças a partir dos 3 anos foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a aplicação deveria começar de forma imediata. O próprio Ministério da Saúde orientou que estados e municípios incorporem imediatamente as crianças de 3 a 5 anos em suas campanhas de vacinação contra a covid. A Câmara Técnica de Assessoramento em Imunização da Covid-19 (CTAI Covid-19), ligada à pasta, também recomendou a imunização no grupo.

Graciane Araújo
redacao@cidadeverde.com

CONTEUDO: CIDADE VERDE

Veja Também

Eleitores não podem ser presos

A partir desta terça-feira (27) e até 48 horas depois do primeiro turno de votação, no ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *