Home / Notícias / Com aumento de R$ 92, novo salário mínimo passa a vigorar a partir de hoje

Com aumento de R$ 92, novo salário mínimo passa a vigorar a partir de hoje

O novo salário mínimo, estabelecido pelo Governo Federal, passa a vigorar a partir de hoje, (01º), com o valor de R$ 1.412. São R$ 92 de aumento em relação ao valor antigo, que era de R$ 1.320. O valor leva em conta expectativas do mercado de inflação medida pela INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Com aumento de R$ 92, novo salário mínimo passa a vigorar a partir de hoje
Novo salário mínimo de R$ 1.412 passa a vigorar a partir desta segunda (01º) | Divulgação
Por
Juarez Oliveira
Juarez Oliveira
• 01/01/2024 10:26 •
Atualizado em 01/01/2024 10:33

FACEBOOK
WHATSAPP
TWITTER
TELEGRAM
MESSENGER
O novo salário mínimo, estabelecido pelo Governo Federal, passa a vigorar a partir de hoje, (01º), com o valor de R$ 1.412. São R$ 92 de aumento em relação ao valor antigo, que era de R$ 1.320. O valor leva em conta expectativas do mercado de inflação medida pela INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O reajuste representa um incremento de 6,97%, acima da inflação de 3,85% nos últimos 12 meses até novembro, confirmando a política de valorização do piso nacional retomada pelo Governo Lula, em seu terceiro mandato.

A mudança no salário mínimo traz alterações em outros indicadores nacionais. O valor é o mesmo do piso das aposentadorias, auxílios e demais benefícios assistenciais do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), como o BPC (Benefício de Prestação Continuada), por exemplo.

Com isso, quem ganha o piso previdenciário receberá R$ 1.412. O mínimo também baliza o limite dos atrasados pagos na Justiça pelo governo em processos previdenciários e nas ações no Juizado Especial Cível. No caso dos retroativos, o limite de até 60 salários mínimos, hoje em R$ 79,2 mil, subirá para R$ R$ 84.720.

O salário mínimo também é o máximo pago de abono do PIS/Pasep e é usado no cálculo mensal das contribuições previdenciárias de autônomos, MEIs (microeempreendedores individuais), donas de casa de baixa renda e estudantes.

Felipe Salto, economista-chefe da Warren Investimentos, diz que os cálculos para chegar ao salário mínimo de 2024 levaram em conta a inflação medida pelo INPC em 12 meses até novembro, que ficou em 3,85%, mais a variação do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos antes, ou seja, de 2022, que ficou em 3%.

O valor final seria de R$ 1.411,95, mas foi arredondado para R$ 1.412. O efeito fiscal sobre as despesas indexadas ao piso nacional será de R$ 35 bilhões no ano.

CONTEUDO: MEIO NORTE

Veja Também

Mega-sena acumula novamente e prêmio pode chegar a R$ 205 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso 2.695 da Mega-Sena, e o prêmio para o próximo ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *