Home / Esportes / Conmebol multa Defensa y Justicia por ato racista contra o Santos

Conmebol multa Defensa y Justicia por ato racista contra o Santos

O Defensa y Justicia foi multado pela Conmebol em 20 mil dólares (R$ 100,4 mil) devido ao ato racista de um torcedor na partida contra o Santos, pela primeira rodada da Copa Libertadores da América, dia 3 de março, no Estádio Norberto “Tito” Tomaghello, na grande Buenos Aires.

O “hincha” fez gestos de alusão a um macaco no confronto que marcou a vitória por 2 a 1, de virada, do Alvinegro Praiano sobre a equipe argentina.

Na mesma semana do ocorrido, o próprio Defensa divulgou uma nota repudiando a atitude do seu adepto, o identificou e prometeu sancioná-lo de forma cabível. Mesmo assim, a entidade máxima do futebol sul-americano decidiu punir o clube de forma específica.

Santos e Defensa y Justicia estão no Grupo G da Libertadores. O Peixe lidera a chave com seis pontos, duas vitórias em dois jogos. Já o time argentino, com duas derrotas, ainda não pontuou. Os times voltam a se enfrentar na sexta e última rodada da fase de grupos, dessa vez com mando santista, mas ainda sem data definida, já que a competição está suspensa até o dia 5 de maio, devido a pandemia de Covid-19.

CONTEÚDO: MSN

Veja Também

Secretário de Esporte assiste jogo entre Valença e Elesbão Veloso

Aconteceu na manhã deste domingo (15) no Estádio Municipal Gaudencio Veloso o jogo de Master entre seleção ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *