Home / Geral / Governo diz que mudança nos 40% do FGTS não será “agora”

Governo diz que mudança nos 40% do FGTS não será “agora”

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, disse nesta segunda-feira (22) que o governo não fará mudanças “agora” na multa de 40% do FGTS em casos de demissão.

“A multa do FGTS não será trazida nessa primeira medida a ser anunciada esta semana. Trataremos de medidas sobre a remuneração aquém do devido do fundo”, afirmou.

Sem entrar em maiores detalhes, ele disse também que as medidas para o FGTS a serem anunciadas pelo governo nessa semana terão impacto considerável na economia.

“O impacto será substancial no curto prazo com recursos que serão dados aos cotistas. Também haverá um impacto estrutural de médio prazo, de maneira densa”, completou.

Segundo ele, o funding para os financiamentos dos setores de construção civil, saneamento e infraestrutura não serão afetados “Preservaremos na íntegra a capacidade de financiamento para esses setores”, completou.

Para o secretário, boa parte do problema fiscal do País decorreu de erros e exagero em medidas para estimular demanda no curto prazo. “Agora buscamos medidas que permitam que o PIB cresça de maneira sustentável”, concluiu.

Fonte: Estadão Conteúdo

*Com informações: cidade verde

Veja Também

Ministro vai conversar com caminhoneiros para evitar paralisação

Representantes dos embarcadores, como são conhecidas as empresas que contratam os fretes de transporte de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *